Criado por Rodrigo Franco 2018

  • Facebook Round
  • Instagram - Black Circle
  • YouTube - Black Circle

Bebidas vegetais

Elas substituem o leite de vaca. Podem ser feitas em casa ou compradas no supermercado. Podem vir do arroz, da aveia, da quinua, da soja ou das castanhas. Pode vir até da couve, mas aí não tem cara de leite. São popularmente conhecidas como leites vegetais, embora não sejam produzidas em uma glândula mamária! (rs)

Daquelas que já vem pronta, a mais consumida é a de soja, em pó ou líquida. Vantagens: são enriquecidas com cálcio, um dos nutrientes que buscamos nesse tipo de alimento. Desvantagens: contêm um monte de aditivos alimentares e açúcar. São as mais baratas.

Ainda na linha dos prontos para consumo, temos as bebidas de cereais, como a de arroz e de aveia. Há várias marcas no mercado, algumas delas orgânicas. Vantagens: também são enriquecidas com cálcio de alta biodisponibilidade, não contêm açúcar e outros aditivos alimentares. A lista de ingredientes é curtinha, felizmente: cereal, água, óleo vegetal, sal e cálcio (algumas contêm outras vitaminas). Desvantagens: preço e distribuição - não é em todo lugar que vende.

Mas dá para fazer o leite vegetal em casa, usando qualquer castanha/semente (avelã, amêndoas, castanha-do-pará, gergelim, alpiste, etc.) ou cereal (aveia, arroz, quinua).

O vídeo abaixo, gravado pela equipe da VegeTV, explica como fazer e dá outras informações.

Vantagens de fazer o leite em casa: usar o ingrediente que gosta, misturar ingredientes (castanha-do-pará, avelã e amêndoas fica tudo de bom!) e preço mais acessível. Desvantagens: o teor de cálcio é muito variável e impreciso.

Como tomar o seu leitinho?

Pronto ou caseiro, ele pode ser frio, batido com frutas in natura ou secas, misturado com cereais (aveia, quinua ou amaranto em flocos), com granola ou com cacau em pó. Mas também pode ser quentinho, puro, com canela, café, cevadinha ou cacau.

18 visualizações