top of page

Comer ou não comer a cada 3 horas?

Atualizado: 11 de mai. de 2023

O intervalo entre as refeições é dúvida frequente de muita gente. A oferta regular de alimentos é um ponto de extrema importância para alguns processos metabólicos, especialmente para a manutenção dos níveis de glicose no sangue (glicemia). O cérebro é o órgão mais afetado quando ocorre oscilação desses níveis, levando a pessoa a ficar indisposta, apática, letárgica, com tontura e até desmaiar. Dependendo das condições de saúde, como no diabetes descompensado, o dano pode ser muito mais grave.


Assim, quando o intervalo entre as refeições é muito longo ou a refeição tem baixa quantidade de carboidratos (a fonte mais fácil e rápida de glicose), o corpo lança mão de recursos para manter a glicemia estável e assim abastecer adequadamente o cérebro e os demais tecidos do corpo. Esses comandos, no primeiro momento, fazem o fígado liberar o estoque de glicose para a corrente sanguínea. Se isso não for suficiente, os músculos então são acionados para doarem aminoácidos, que serão convertidos em glicose. Nesse cenário, haverá algum grau de perda de massa muscular, algo nada interessante para a saúde como um todo.


Comer ou não a cada 3 horas é uma pergunta que precisa ser respondida considerando também o teor de outros nutrientes, além dos carboidratos, que compõem as refeições. Para casos onde há um alto teor de fibras e/ou de gorduras, presentes nos alimentos de origem animal, nas frituras, nos doces contendo leite de vaca, castanhas ou coco e nas oleaginosas, o esvaziamento do estômago fica mais lento e portanto os sinais de fome ficam mais espaçados, não havendo estímulo para o ato de comer após cerca de 3 horas.


Comer de 3 em 3 horas pressupõe que as refeições ao longo do dia possuam um perfil com predominância de alimentos do tipo “integral, vegetal e natural”, ou seja, refeições compostas por cereais integrais, leguminosas, frutas, verduras, legumes e castanhas, com baixo teor de frituras e de alimentos ultraprocessados.

22 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page